A grande vantagem do vidro laminado temperado está em unir a resistência mecânica do vidro temperado, que chega a ser cinco vezes maior que o comum, com a segurança do vidro laminado, que em acidentes mantém os cacos de vidro colados e compactados.

Com o vidro conquistando cada vez mais espaço na arquitetura residencial, corporativa e em instalações cada vez mais ousadas, sua utilização em pisos, coberturas, fachadas, escadas e janelas, ganha destaque com o uso de tecnologia avançada. Porém, é preciso estar atento se toda esta ousadia está acompanhada de segurança.

Segundo as normas da ABNT, todos os vidros de segurança na versão não autoportantes (qualquer estrutura cuja estabilidade é assegurada com o apoio em uma única extremidade) sejam necessariamente laminados, conferindo, dessa forma, mais segurança aos usuários. Entretanto, com a tendência da arquitetura de valorizar a transparência nas construções, os vidros laminados e temperados ao mesmo tempo têm despertado a atenção dos profissionais do setor a utilizarem estes vidros no sistema autoportantes, sem caixilhos, fixados somente por ferragens.

No vidro laminado temperado, o material passa por dois beneficiamentos: laminação e têmpera, processos que transformam o vidro em auto-portante, oferecendo assim, a segurança necessária para que se possa fixá-lo apenas o com uso das ferragens, sem a utilização de caixilhos, contribuindo para a valorização da transparência nas obras.


Você usaria os vidros laminado temperado, sem preocupação? Deixe seu comentário!
 
Fonte: Vidrado