Reciclar é sinônimo de aproveitar, tornar últil o quê, para muitas pessoas, é considerado lixo e sem utilidade. Atualmente, este é um assunto em alta devido à crescente preoucupação com a preservação do meio ambiente. Além do apelo ambiental, ela também se configura como um importante atividade econômica.

É neste sentido que a reciclagem do vidro é de fundamental importância, já que no Brasil são produzidas em média 900 toneladas de embalagens de vidro e seu reaproveitamento é de 100%.


O vidro reciclado tem praticamente todas as características do vidro comum, podendo passar pelo processo várias vezes, sem perder suas características e qualidades. Estima-se que mais de 40% das embalagens de vidro produzidas no Brasil são de material reciclado e a expectativa é que este número aumente.

Confira como funciona o processo de reciclagem do vidro:

– Primeiro, separa-se os vidros por cores e tipos;

– Depois, o vidro bruto é estocado em tambores;

– Em seguida utiliza-se o eletroímã para separar os metais que podem gerar contaminação;

– Após a separação ele é lavado com água;

– O vidro é triturado e encaminhado para uma peneira vibratória;

– Em seguida o vidroé passado novamente pelo eletroímã, que fará uma nova separação dos metais que ainda restaram nos cacos;

– Depois ele é fundido em uma temperatura alta acima de 1300 ºC;

– Por fim o vidro é utilizado pelas vidrarias na moldagem e criação de novas embalagens.

Após a reciclagem o vidro pode ser usado para a fabricação de novas garrafas, copos, frascos, vasilhas, pratos, cacos, ou na criação de bijuterias, tintas reflexivas, espuma de fibra de vidro, sistemas de drenagens contra as enchentes, composição do asfalto, entre outros.

E você, costuma reciclar seu lixo?!