Tags

, , , ,

Foto: Field of Light

Inspirado nas flores do deserto australiano, o designer britânico Bruce Munro, projetou um jardim artificial, intitulado “Field of Light” (Campo de Luz, em português), com mais de seis 6 mil hastes de acrílico, alimentadas por fibra ótica, com esferas de vidro nas pontas.

As fibras óticas são finos fios feitos de plástico, vidro, silicone ou nylon, com a vantagem de que as compostas por vidro apresentam resistência a altas temperaturas e grande durabilidade.

Atualmente aplicadas nos mais modernos sistemas de iluminação, garantem um toque moderno e dinâmico e possuem, como grande vantagem, a economia de energia elétrica, já que uma única lâmpada pode alimentar diversos cabos do material, que conduzem a luz às suas pontas.

Foto: Weeklight

Seu uso é muito comum na iluminação de piscinas por proporcionar uma variedade de efeitos dentro – ou nas áreas próximas a elas – sem comprometer a segurança, pois a fonte de luz é instalada num ponto distante e os cabos de fibra ótica não conduzem eletricidade.

Você acha que esse sistema de iluminação em algum ambiente de sua casa? Deixe seu comentário, dúvidas ou sugestões!