Tags

, , ,

Em 2008, o vidreiro checo Michal Zahradnik idealizou recriar o motor a vapor desenvolvido por George Stephenson e usado em locomotivas em meados de 1814.

Entretanto, Zahradnik não utilizou sequer um só parafuso para realizar a obra. Ele construiu a máquina inteiramente em vidro. Todas as peças são de vidro e foram encaixadas de maneira justa, sem a utilização de  nenhum tipo de cola ou  selante.

Todas as peças que existem no original de 1814 foram reproduzidas: virabrequim ou eixo de manivelas, pistão, contrapeso – peça que faz o sistema girar – tudo de vidro. O sistema funciona perfeitamente, porém são os detalhes que evitam que ele se quebre, pois a estrutura é delicada e propensa a trincar. Por isso, as peças foram dimensionadas e lixadas minuciosamente. Segundo Zahradnik, três em cada quatro pistões mal lixados racham.

Tudo foi cuidadosamente encaixado e acomodado, pois a diferença entre as peças é pequena.

Confira o vídeo e veja como o motor funciona. Deixe seu comentário.